Uma Experiência Pessoal Envolvendo Energias Gravitantes


A seta vermelha mostra a parte onde abundam as energias gravitantes

A seta vermelha mostra a parte onde abundam as energias gravitantes

Energias gravitantes são as energias extrafísicas conscienciais estáticas existentes em torno de objetos, locais, pedaços ou restos de objetos, de construções, pedaços ou restos de construções (ou os restos de ambos) e até mesmo em torno de consciências intrafísicas ou extrafísicas formando um campo que pode ser percebido por uma pessoa com parapsiquismo certo grau de parapsiquismo.

Sobre esse assunto, escrevi um post recentemente.

Agora vou descrever uma experiência que vivenciei recentemente envolvendo energias gravitantes.

No início de maio desse ano estive em Berlin e fui vistar a cúpula do Reichstag, o Parlamento Alemão.

Com a Segunda Guerra Mundial, a quase totalidade da capital alemã foi arrasada. Poucos prédios antigos chegaram aos dias atuais. O Reichstag foi um deles. O prédio ficou abandonado por 60 anos, desde que os nazistas assumiram o poder na Alemanha até sua reunificação na década de 90. O que restava do prédio foi restaurado e modernizado. No local da antiga cúpula que encimava o prédio, há muito tempo destruída, foi erguida uma nova e ultramoderna construção de alumínio e vidro, um projeto do arquiteto inglês  Norman Foster.

O projeto é tão bom que a cúpula tornou-se um dos locais mais visitados em Berlin, tanto por alemães quanto por estrangeiros. Atráves de suas paredes de vidro, grande parte de Berlin pode ser vista.

Chegando ao local num enorme elevador expresso, a primeira coisa com que o visitante se depara é um amplo salão onde uma coluna central sustenta a cúpula (veja no detalhe da foto acima). Ao redor dessa coluna foram adicionados espelhos e, na base, uma grande bancada que a circunvolve. Sobre essa bancada foram dispostas inúmeras fotos que contam a história do prédio, os eventos mais importantes desde sua construção no final do Século XIX.

Comecei então a caminhar ao redor dessa bancada observando as fotos uma a uma. Em dado momento, senti forte repercussão energética. Estava diante de uma foto que mostrava a primeira sessão do parlamento da Alemanha Ocidental, ocorrida no final da década de 1940, presidida por Konrad Adenauer. Fiquei surpreso e curioso. Qual seria o motivo disso? Continuei caminhando pela bancada e percebi o seguinte: a metade da bancada ocupada por fotos após a Segunda Guerra Mundial provocava a repercussão energética e a metade ocupada por fotos anteriores a guerra não.

Conclui então o seguinte: As pessoas que vão visitar o local, principalmente os Alemães, identificam-se com as fotos mais recentes pois fazem parte de sua própria história, de seus pais, familiares mais íntimos e amigos. São eventos que muitos deles presenciaram e dos quais até participaram. Então as pessoas se emocionam, as vezes até as lágrimas, pois sofreram muito para reerguer seu país das ruínas e depois reunificá-lo. Com as fotos mais antigas isso não ocorre. A maioria das pessoas que viveram nessa época, anterior a 1933 já faleceram. As pessoas não se identificam com esse passado já distante e, portando, os sentimentos e emoções que despertam são muito menos expressivos que as fotos mais recentes. Para dizer a verdade, é como se essas fotos antigas nada significassem para  maioria das pessoas.

Assim temos que, metade da bancada está repleta de energias gravitantes relacionadas a emotividade das pessoas e a outra metade não. Veja na foto acima a área repleta de energias gravitantes. Nos detalhes são mostrados o interior e o exterior da cúpula.

Para saber mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Fronteira da Consciência.com

Metaconsciência.com

Livro Estado Vibracional

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s