O Estado Vibracional é um Fenômeno Universal


EV_12012015

Robert  Crookall (31 jul 1890/jan 1981) foi um cientista PHD, geólogo e paleobotânico (especialista no estudo de plantas de existiram no passado distante) inglês. Além do interesse pela ciência propriamente dita, Crookal desde muito jovem interessou-se também pelos fenômenos paranormais.

Seus estudos abordaram as comunicações espirituais e, principalmente, as EFCs – Experiências Fora do Corpo e as EQM – Experiências do Quase-Morte.  Aprofundando suas pesquisas nestes assuntos, tornou-se uma das primeiras autoridades britânicas nesses fenômenos.

Em suas pesquisas, acredita-se que tenha coletado e registrado quase 20 mil casos de EFCs, embora tenha divulgado “apenas” 1500 deles nos diversos livros que publicou ao longo da década e 1960. Hoje, acredita-se que esse extraordinário desempenho, principalmente considerando o relativo desconhecimento e preconceito quanto a esse fenômeno existente no passado, sinaliza que Crookall deve ter sido especialmente assistido extrafisicamente para que tantos relatos chegassem ao seu conhecimento.

De posse de uma formidável quantidade de dados, colhidas em depoimentos e em livros publicados por projetores lúcidos, Crookall fez as primeiras consolidações de dados sobre EFCs. Graças a seu meticuloso trabalho, chegou a inúmeras conclusões, registradas em seus livros.

Uma delas era sobre a universalidade do estado vibracional, que, nos anos 60, ainda não tinha nome. Era apenas “as vibrações”. Crookal percebeu que eram tantos os relatos de vibrações por diferentes projetores, desde o início do Século XX até os anos 1960, que, concluiu, as vibrações deviam ser uma característica básica e intimamente relacionada aos fenômenos projetivos.

Depois disso, ainda seriam necessários mais 10 anos até que alguém desse o passo seguinte: induzir as vibrações para produzir EFCs!

Para saber mais:

Livro Estado Vibracional

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Primeiros Relatos sobre o Estado Vibracional


EV-11012015

O estado vibracional é um fenômeno bioenergético cuja ocorrência espontânea é relativamente rara, e que se caracteriza pela percepção de intensas vibrações por todo o corpo que proporcionam uma sensação de bem-estar.

Por ser um fenômeno que pode ocorrer de forma natural, certamente, ao longo de toda história e até antes dela, em tempos pré-históricos, pessoas passaram por esse estado. Contudo, dada sua raridade, poucos foram aqueles que perceberam haver algo de especial nessas vibrações. Se registros foram feitos sobre o fenômeno, não chegaram aos dias atuais.

Pesquisando antigos livros, talvez seja possível identificar o estado vibracional por detrás de certos relatos.

As primeiras referências diretas ao fenômeno surgiram com os primeiros autores de livros sobre projeções conscientes, no início do Século XX. Não é de se admirar. É durante as projeções conscienciais lúcidas que a ocorrência espontânea do fenômeno pode ser mais claramente percebida.

Sylvan Muldoon registrou seu primeiro estado vibracional em 1915 quando tinha apenas 12 anos de idade. Esse relato foi coletado e descrito por Rober Crookal em seu livro Practice Astral Projection, publicado nos EUA em 1960:

“Meu corpo completamente rígido (eu pensei que era o meu físico, mas era o meu astral) começou a vibrar a uma grande velocidade, subindo e descendo, e eu podia sentir uma pressão tremenda exercida na parte de trás de minha cabeça. Em seguida, o sentido da audição começou a funcionar, e o da visão em seguida. Quando fui capaz de ver, eu estava mais do que surpreso: Estava flutuando no ar, na horizontal, alguns metros acima da cama.”

O grande número de experiências projetivas levou Muldoon a publicar, em 1929 seu primeiro livro,  The Projection of the Astral Body, que acabou tornando-se o primeiro best-seller sobre EFCs.

Para saber mais:

Livro Estado Vibracional

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos