Macrossoma


Estado Vibracional

Importante: Para quem desejar aprofundar-se nesse assunto, a EAC está promovendo uma palestra sobre Macrossoma com entrada franca no dia 22 de maio, em sua sede em Porto Alegre, seguida por um curso no final de semana seguinte.

O termo macrossoma vem das palavras do idioma Grego, makrós, “comprido; longo; grande” e soma, “relativo ao corpo” É um termo, empregado pela Conscienciologia e não deve ser confundido com significado dado pela medicina, que seria simplesmente uma pessoa com o corpo muito grande.

O Macrossoma, segundo a Conscienciologia é o corpo físico fora de série, o corpo supermaceteado ou especializado, especialmente configurado com a finalidade de apoiar a execução da programação existencial de uma pessoa. Não deve ser confundido, nesse caso, com um “corpo muito grande” que seria a interpretação literal do termo, dada pela medicina.

A programação existencial é o planejamento que uma consciência faz antes de nascer na dimensão intrafísica e que tem por objetivo direcionar seus esforços para algum fim que tenha caráter assistencial com relação a coletividade e que também, naturalmente, contribuirá para a evolução dessa consciência.

A realização da programação existencial não é uma tarefa simples de ser concluída plenamente. Como a maioria das pessoas não chega nesse ponto, sob a supervisão de consciências muito evoluídas, esquemas são criados na dimensão extrafísica, empregando-se diversos recursos para auxiliar no que for possível à consciência nesse sentido. Um desses recursos é justamente o macrossoma.

O tema macrossoma é relativamente novo, tendo sido apresentado pela primeira vez no livro 700 Experimentos da Conscienciologia, publicado em 1994 pelo médico e paranormal brasileiro Waldo Vieira.

A maior especialista nesse assunto é a diretora da Escola de Autopesquisa da Consciência, Sonia Cerato, que publicou um tratado sobre o assunto em 2012, denominado Macrossomatologia. 

Qual é vantagem de saber-se possuidor de um macrossoma? Suponhamos que o leitor constate por meio de uma série de testes que possui um macrossoma voltado para o parapsiquismo, mais especificamente, relacionado mobilização de energias conscienciais e produção do EV – Estado Vibracional.

Sabendo disso, ele poderá, em primeiro lugar, reperspectivar as práticas bioenergéticas em sua vida. Afinal, se ele nasceu com um corpo especialmente engendrado para facilitar a mobilização de energias e produção de EVs, algum papel de especial relevo isso deve ter em sua vida. Em segundo lugar, sabendo ser possuidor de um macrossoma voltado para a produção de EVs, ele poderá trabalhar especificamente para desenvolver essa habilidade, quem sabe, descobrindo inclusive novas formas de instalação e uso do EV.

Outra possibilidade interessante é que é possível estudar personalidades histórias que tenham uma certa quantidade de dados biográficos disponíveis, de forma a avaliar se elas tinham macrossoma, qual tipo teria sido e como elas usaram esse recurso.

Provavelmente existem dezenas, senão centenas de tipos diferentes de macrossomas, cada qual desenhado para potencializar algumas faculdades humanas ou parapsíquicas específicas. Dentre os diversos tipos possíveis de macrossoma o livro relacionado os seguintes:

  • O Macrossoma Cerebelar;
  • O Macrossoma Hiperlúcido;
  • O Macrossoma Intelectual;
  • O Macrossoma Parapsíquico;
  • O Macrossoma Pararegenerador;
  • O Macrossoma Psicomotos e
  • O Macrossoma Suprarenal.

Referências

Escola de Autopesquisa da Consciência: EAC

Boletim Metaconsciência 11

Para saber mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Fronteira da Consciência.com

Metaconsciência.com

Livro Estado Vibracional

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s