Sobre a Desperticidade


On the crossroads

Conforme a Conscienciologia vai se tornando mais conhecida, cada vez mais pessoas se interessam por alguns de seus temas.

A desperticidade é um deles. Desperto ou Desassediado Permanente Total é um neologismo criado por Waldo Vieira, o propositor da Conscienciologia, para descrever a pessoa que não sofre mais com assédios.

Reparem que destaquei o que de fato se passa com o desperto. A pessoa nesta condição ainda tem contato com assediadores, interage com eles a medida que realiza suas tarefas interassistenciais. Contudo, diferentemente do resto da humanidade, ele não sofre com isso pois os assediadores não conseguem afligi-lo, seja energeticamente, seja por meio do pensamento, irradiando pensenes* a distância, por exemplo.

Legal, não? Como então para tornar-se um desperto?

A grande coisa nessa proposta da desperticidade é que qualquer pessoa, com uma boa dose de dedicação e disciplina…. não….. não fui claro o suficiente….deixe eu repetir …. COM UMA CONSIDERÁVEL DOSE DE DEDICAÇÃO E DISCIPLINA, pode tornar-se um desperto ainda nesta vida.

O que é preciso para isso?  Bem as obras conscienciológicas estão cheias de recomendações, procedimentos, etc, etc, etc. Mas, o que interessa mesmo, os dois fatores básicos, fundamentais, indispensáveiis, balizadores da desperticidade são:

1 – Dominar seus processos bioenergéticos

O primeiro passo para isso é dominar o EV – Estado Vibracional. Dominar o EV é poder instalá-lo em qualquer lugar, em qualquer momento, em quaisquer circunstâncias. Sugere-se que uma pessoa pode dominar o EV em uns 3 anos. É difícil mais é possível. Depois tem umas 60 manobras energéticas que a pessoa vai ter que dominar também. Mas, com o EV “na mão”, isso não será realmente um desafio.

2 – Ortopensenidade em tempo integral

Ortopensenidade é pensar corretamente o tempo todo, independente do lugar, em todos os momentos, em todas as circunstâncias. Não pode desejar coisas ruins, de espécie alguma para ninguém, não se pode julgar ninguém, seja o político corrupto desmascarado na TV, seja o assaltante que roubou o celular com o qual você acabou de presentear sua filha, ou o camarada que lhe deu uma fechada no transito que quase provoca um acidente.

Então, o caminho para a deperticidade é paradoxal.  Muito simples, conforme descrito acima, mas, muito difícil de percorrer até o fim. Não é à toa que existem tão poucos despertos. Waldo Vieira afirma que conheceu uns pouquíssimos ao longo de seus 81 anos de vida.

A grande coisa nisto é o seguinte: mesmo que você não consiga ao longo de sua vida chegar a ser 100% desperto, digamos que você chegue a 80%, sabe o que isso significa? Sabe quais serão as implicações de ser 80% desperto quando você passar pela dessoma **? Sabe quais serão as implicações em sua próxima vida? Se você chegar a 80% de desperticidade aos 70 anos, em sua próxima vida será desperto aos 25!

Mas, a coisa não se limita a não ser assediado…. Pare para pensar na cabeça desse homem ou mulher que é desperto. O que se passa ali? Com quais correntes de pensamento ele sintoniza? Quais serão os amparadores de um desperto? Outros despertos, no mínimo e dai para cima. O que essa pessoa faz no físico e no extrafísico? Da para imaginar? Dá. É por isso que muita gente tem se interessado por isso.

Alguns entusiastas têm afirmado que é possível chegar a desperticidade em 3 anos. Com dedicação em tempo integral, quem sabe, talvez seja possível para uma pessoa que já esteja com “meio caminho andado” e com todas as condições da vida otimizadas para isto.

Concluindo, ainda sobre os vários níveis de desperticidade, uma pessoa com 100% de desperticidade que more em uma casa no campo, ou em uma pequena cidade, que não trabalhe mais, que saia pouco de casa e muito menos de sua cidade, que pouco ou nunca faça viagens, não conseguirá manter esse nível se tiver que morar, trabalhar e se deslocar com frequência em um grande centro urbano onde existem muito mais pessoas, muito mais energias conscienciais, muito mais assediadores extrafísicos, muito mais pressão holopensência***.

* Pensene é o conjunto pensamento+sentimento+energia.

** Dessoma é a desativação do soma, a morte do corpo físico.

*** Pressão Holopênsenica são o conjunto e pensamentos, sentimento e energias que  envolvem a consciência impelindo-a a pensar e agir conforme um padrão.

Para Saber Mais

Experiências Fora do Corpo – O Guia do Iniciante

Fronteira da Consciência.com

Metaconsciência.com

Livro Estado Vibracional

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos