Uma Demonstração do Qi Gong Terapêutico


26122009075 - Cópia

No post anterior reproduzi um texto escrito pelo acupunturista e terapeuta Marcus Evandro. Depois disso, coincidentemente, passei na companhia de um amigo no consultório de Marcus, um espaço que ele chama de Lin-Chi, localizado no centro de Brasília, DF.

Lá chegando, começamos a conversar sobre as atividades de Marcus no local quando  meu amigo comentou com que estava ha algum tempo com dores no braço direito que estendiam-se do cotovelo ao punho. Além da dor ter se tornado praticamente constante, incomodando-lhe até na hora de dormir, certos movimentos como forçar o punho tornavam essa dor insuportável.

Comentei então com meu amigo que tive um problema parecido no ano passado. De repente uma dor assim começou no braço direito e passou a incomodar-mw o tempo todo. Antes de consultar um médico, tomei a providência de mudar o mouse do computador no trabalho para uso com a mão esquerda. Além disso, no mesmo período voltei a fazer caminhadas regularmente (caminho pelo 6 km em um parque próximo de minha residência pelo menos  3 vezes por semana). Com o passar de algumas semanas a dor foi desaparecendo até sumir com completo.

Pode ser que fosse uma inflamação dos tendões que desapareceu. Mas, creio que o exercício físico regular pode ter desobstruído as vias de circulação energética existentes dentro do corpo, além do exercício físico propriamente dito, que podem ter colaborado ou mesmo provocado a melhoria do processo até extingui-lo.

Ouvindo isso, Marcus Evandro, que tem larga experiência em tratamentos bioenergéticos para problemas físicos, ofereceu-se para fazer uma rápida energização em meu amigo.

Sentaram-se, ele e Marcus, um de frente para o outro, cada um em uma cadeira, com uma separação de dois metros. Meu amigo relaxou na cadeira e Marcus ergueu as duas mãos como os dedos indicadores apontando em direção a ele, lembrando, com isso um, movimento do Qi Gong. Ficou assim por dois minutos, findos os quais, pediu a meu amigo que verificasse a dor no braço

Para nossa surpresa, (mas não de Marcus, obviamente) a dor havia desaparecido completamente. Até os movimentos com como forçar o punho, antes impossíveis tal a intensidade da dor, haviam desaparecido. Marcus advertiu, contudo, que aquilo não era definitivo. A dor acabaria voltando. Era preciso atacar as causas do problema.

Curioso, perguntei a Marcus o que ele fizera. Ele explicou então que exteriorizou energia para os meridianos do elemento fogo, coração e intestino delgado no braço direito do meu amigo. Esses dois canais energéticos passam justamente no local onde normalmente ocorre a dor do cotovelo, típica dos tenistas que sofrem de epicondilite.

Essa técnica, prosseguiu Marcus, é um Qi Gong terapêutico, chamada Alinhamento Vital também atua nos pontos água e metal desses dois meridianos (coração e intestino delgado). O ponto água, tem a função de esfriar, limpar ou lavar o canal enquanto o ponto metal tem a função de renovar e oxigenar o Qi do canal.

Quanto ao meu amigo, quando Marcus fez a energização, ele sentiu nitidamente como se seu braço estivesse sendo puxado em direção a Marcus. Repetindo suas palavras, era como se um “raio trator” estivesse atuando sobre seu braço direito. Pelo menos nessa noite ele pode dormir tranquilamente, sem dor alguma.

Para Saber Mais:

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo – O Guia do Iniciante

Fronteira da Consciência.com

Metaconsciência.com

Livro Estado Vibracional

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s