A Técnica do Estado Vibracional


Estado Vibracional

Uma vez que definimos no post anterior os quatro estados de manifestação energética e o que é o Estado Vibracional – EV, podemos agora descrever a técnica para instalá-lo. O procedimento é simples e está reproduzido com poucas variações em inúmeros sites da Internet. O procedimento que descrevo a seguir é a forma como ensino as pessoas a instalar o EV, que pouco difere de outras descrições existentes. Emprego esse procedimento por achar que é mais eficiente, produzindo resultados mais rápidos e consistentes para quem ainda tem pouca experiência com o controle das próprias energias conscienciais.

Pode ser que o praticante da técnica não obtenha o EV logo na primeira tentativa. Na realidade, a maioria das pessoas somente consegue atingir o EV após praticar a técnica várias vezes. Com o passar do tempo, a tendência é que o EV seja atingido cada vez mais rapidamente e com menos esforço.

Para facilitar a obtenção do EV, é uma boa prática, nas primeiras vezes, otimizar as condições do exercício. Nesse sentido, procure um local tranquilo, sem ruído elevado. Certifique-se de que, nos próximos minutos, você não será interrompido por outras pessoas ou pelo telefone.

Sente-se numa cadeira ou poltrona confortável. Posicione os braços junto ao corpo e as mãos sobre as pernas. Feche os olhos. Procure relaxar o corpo, se necessário, inspire e expire de forma suave e profunda de uma a três vezes. Feche os olhos para cortar os impulsos visuais e aumentar o relaxamento e a concentração no exercício.

Procedimento

(1) Concentre o foco da sua atenção no alto da cabeça. Permaneça com esse foco por alguns momentos nesse ponto. Isso fará com que suas energias se concentrem ali, mesmo que você não as sinta.

(2) Bem lentamente, desloque o foco da sua atenção de forma que ele desça pela cabeça até chegar ao pescoço; passando em seguida pelo tórax, abdome, quadris, cochas, joelhos, até chegar à ponta dos pés. Conforme for passando por cada parte do corpo, vá percebendo aquela parte em que o foco da sua atenção está passando.

(3) Uma vez que o foco da atenção esteja na ponta dos pés, desloque-o, bem lentamente, passando pelas pernas, joelhos, cochas, quadris, abdome, tórax, pescoço, até chegar novamente ao alto da cabeça.

(4) Uma vez que o foco da sua atenção chegue ao alto da cabeça, repita novamente o procedimento de descida e subida, bem lentamente.

(5) A partir da quarta repetição, comece a acelerar a velocidade da circulação do foco da atenção a cada repetição. Acelere cada vez mais.

(6) Acelere a velocidade da circulação até chegar à maior velocidade possível sem gerar tensão no corpo físico e mantenha essa velocidade por alguns momentos.

(7) O EV é obtido quando se atinge a máxima velocidade possível. Após alguns momentos na velocidade máxima vá diminuindo a velocidade de circulação lentamente até parar por completo. Em seguida, mova-se lentamente até levantar-se.

A título de referência, a aplicação desse procedimento, inicialmente, deve levar algo em torno de 10 minutos. Conforme o praticante vai “pegando o jeito da circulação”, esse período de tempo vai reduzindo para uns 5 minutos, necessários para que ele atinja o EV. Finalmente, quando estiver totalmente habituado a instalar o EV (após meses ou anos), pode-se atingir o EV em apenas alguns segundos sem sequer circular as energias. Basta usar a vontade e o EV se instala. Essa é a presente condição desse autor.

PARA SABER MAIS

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Fronteira da Consciência.com

Metaconsciência.com

Lin-Chi

EAC – Escola de Autopesquisa da Consciência

Livro Estado Vibracional

Livro Estado VibracionalLivro Experiências Fora do Corpo - Fundamentos

 

 

 

 

 

Anúncios

8 comentários sobre “A Técnica do Estado Vibracional

  1. Oi, boa tarde. Adorei os posts, ajudou-me bastante. Você poderia falar mais sobre essa técnica explicando mais para que serve e falar sobre outras técnicas que se pode avançar quando a pessoa já domina o EV. Pode parecer que é tolice, rsrs, mas é porque eu sou leiga no assunto mesmo e é difícil encontrar um lugar que fale do b+a=ba, encontra-se mais sobre projeção astral (que não é meu foco no momento, acho que antes de pensar em se projetar tem que entender mais sobre energias e como usa-las).
    Ah, vou começar a fazer essa técnica ; D

    • Prezada Loribela

      Desculpe-me por demorar tanto para te responder. Além de ter uma agenda muito cheia, nos últimos 2 meses concentrei-me inteiramente em concluir meu segundo livro “Estado Vibracional”, motivo pelo qual interrompi as postagens no blog e etc.

      Se você ler esse livro que acabei de publicar, creio que a maioria senão todas as suas dúvidas serão sanadas.

      Mas, vejamos: …outras técnicas que se pode avançar quando a pessoa já domina o EV…

      Conforme relato no livro, algumas dessas técnicas são:

      -O autencapsulamento energético, uma técnica de autodefesa avançada;
      -A automegaeuforização energética, que assemelha-se a um EV, só que muito mais intenso e, portanto, com resultados maiores e melhores;
      -O autobanho energético, mais intenso que a automegaeuforização e, portando, gerando mais e melhores resultados.

      Então, sim, o EV habilita a pessoa a dar passos maiores que vem em seguida.

      Um abraço fraterno

      Cesar Machado

  2. O EV pode ser atingido no estado de vigília ou na fronteira entre o estado de vigília e o sono?
    Faço esta pergunta porque nunca consegui instalar EV por vontade própria, mas sempre tenho EV espontâneo (1 por semana em média)

    • O EV pode ser atingido em qualquer momento caso a pessoa tenha um grau de soltura do energossoma (corpo energético). É o caso das pessoas que pratica a técnica de instalação voluntária há alguns anos.
      No seu caso, quando o EV ocorre quando, estando com o soma bastante relaxado, na fronteira entre a vigília e o sono, ocorre a soltura do energossoma. Esse o o chamado EV projetivo, um dos diversos tipos de EV.
      No estado da vigília pode ocorrer as seguintes formas básicas de instalação do EV (fonte: Livro Estado Vibracional)

      ·Espontâneo. Pode ocorrer naturalmente, sem intenção da consciência ou de outrem;
      ·Autoinduzido. É instalado pela consciência de forma lúcida, voluntária;
      ·Heteroinduzido. O EV é instalado em uma consciência a partir das ECs exteriorizadas por outra consciência, intrafísica ou extrafísica.

      Seja qual for a forma de indução, também são três os estados de manifestação da consciência durante os quais o EV pode ser instalado:

      ·Intrafísico. O EV da consciência que possui um corpo físico, durante a vigília física ordinária;
      ·Projetado. O EV da consciência intrafísica quando ela está projetada fora do corpo físico;
      ·Extrafísico. O EV da consciência extrafísica que não possui corpo físico.

      Além disso, existem pelo menos, oito tipos diferentes, específicos de EV que podem ser instalados pela consciência intrafísica, também descritos nesse livro.

      Abraço

      Cesar Machado

  3. Amigo, boa noite. Estudo o tema casualmente a algum tempo, tendo lido obras de Robert Monroe, Russel Targ, Waldo Vieira e outros autores diretamente e tangencialmente relacionados ao tema. Os estudos de Monroe me chamaram a atenção porque contém algumas sugestões como retirar todos os objetos metálicos, como joias, bem como deitar com a cabeça na direção do norte magnético da terra.
    Entendo que os estudos de Monroe são antigos e basilares, tendo em vista que ele foi praticamente o patrono desse ramo de estudo, mas essas dicas tem validade, de acordo com sua experiência? Pergunto pois ainda sou muito inexperiente, tendo atingido o estado vibracional apenas uma vez, em ocasião parcialmente acidental.

    • Olá

      Como você disse, os livro de Monroe são antigos. Em meados do Sec XX, muitos acreditavam que dormir com a cabeça voltada para algum local ou o tipo de objeto que usava quando dormia poderia influenciar as EFCs.
      A análise dos de experimentos de milhares de projetores ao longo do tempo mostrou que, em princípio, todas essas coisas podem atuar, quando muito, sob o ponto de vista psicológico. Ou seja, se você acreditar que dormir com a cabeça para o norte poderá facilitar sua EFC isso até pode acontecer pois, psicologicamente, vai motivar a pessoa.
      Sobre objetos, quaisquer que sejam, estejam junto ao corpo da pessoa, estejam no seu local de dormir, cabe considerar que podem existir bagulhos energéticos que podem atrapalhar as EFCs lúcidas. Para saber se tem algum bagulho no local, é preciso fazer um sensoriamento. Nesse sentido, ajudam: manter o local (quarto geralmente) o mais limpo possível. Não deixar objetos acumulados em móveis ou pelos cantos meses seguidos sem movimentá-los (essas coisas acumulam energias gravitantes). De preferência não ter nenhum objeto eletrônico ligado no quarto. De preferência não term computador ou TV no quarto. Não sabemos como as ondas eletromagnéticas podem afetar as EFCs. Além disso, energias de certo padrão podem se acumular nesses objetos.
      Blindar o quarto energeticamente com exteriorizações direcionadas de bioenergias é uma medida salutar também.

      Abraço

      Cesar Machado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s